Se inscrevendo SISU

Medo de perder o Prazo? Veja aqui como fazer a Inscrição no SISU

O Sisu é uma das formas de entrar em uma universidade pública, para cursar uma graduação ou licenciatura. Por meio dele, milhões de candidatos conseguem vagas de forma gratuita, sem precisar passar pelo vestibular. Ele utiliza as notas do último ENEM (Exame Nacional do Ensino Médio) para classificar alunos em suas vagas, de acordo com as notas de corte para cada uma.

Está pensando em se inscrever para garantir a sua vaga no ensino superior? Veja todas as informações aqui.

O que é Sisu?

É um programa do Ministério da Educação (MEC), feito para oferecer vagas em universidades públicas. O chamado Sistema de Seleção Unificada, não exige que o estudante preste vestibular para entrar em um curso de graduação ou licenciatura.

Todo o processo seletivo é automatizado, e utiliza as notas do ENEM para classificar os alunos que se candidatam. Ele é livre de taxas, e a seleção acontece duas vezes ao ano.

Qualquer pessoa que tenha feito o ENEM do ano anterior à seleção pode participar. No entanto, ela deve ter obtido uma nota maior do que zero na redação. No Sisu, não há nenhum limite de renda ou de idade para participar.

Apenas instituições públicas oferecem vagas pelo programa. Algumas delas podem exigir uma nota mínima do ENEM para entrar em cursos específicos. Os cursos de Medicina, por exemplo, podem ter algumas exigências, principalmente devido ao alto número da nota de corte. Essa nota mínima sempre pode ser consultada depois da inscrição e antes da homologação.

Os alunos que são bolsistas do PROUNI (Programa Universidade para Todos) também podem se inscrever no Sisu. Caso ele passe para uma universidade pública dessa forma, deverá optar entre um dos programas. Não é possível acumular os dois benefícios.

Ele funciona para o Brasil inteiro, reunindo instituições de todos os cantos do país. Por isso, já é conhecido entre os estudantes, visto que representa uma chance muito grande de aprovação em uma universidade pública.

sisu como funciona

Como funciona?

O Sisu é um sistema automatizado, que funciona de acordo com a sua nota do ENEM. Assim, ele seleciona os melhores candidatos para uma vaga, curso, universidade e modalidade de concorrência. É o aluno quem escolhe essas opções, de acordo com a oferta das instituições.

O candidato deve se inscrever pela internet, acessando o site oficial do SISU. Para isso, é preciso ter em mãos o número de inscrição e a senha do ENEM. É importante lembrar que, para participar do processo seletivo, apenas a edição mais recente do exame conta.

Cada candidato pode escolher duas opções de curso, dentre as opções oferecidas pelas instituições públicas. Na hora de escolher o curso, também é necessário selecionar a modalidade de concorrência, seja pela ampla concorrência ou pelas ações afirmativas, que são as cotas.

Enquanto o processo estiver rolando, os alunos podem consultar a nota de corte, que muda diariamente. Ela é a menor nota possível do ENEM para entrar naquela vaga específica. De acordo com ela, o participante pode optar entre continuar disputando a vaga ou tentar concorrer a outra opção.

Depois que as inscrições são encerradas, é possível consultar o resultado em sua página oficial. Os candidatos selecionados devem se matricular na instituição onde foram aprovados para garantir a vaga, dentro do período definido.

No caso de sobra de vagas, o Sisu oferece a Lista de Espera, onde o participante pode ocupar a vaga em outras chamadas, no caso de desistência de algum aprovado.

O Sisu acontece duas vezes ao ano, sempre no primeiro e no segundo semestres.

SISU inscrição

Como fazer a inscrição o Sisu?

Para realizar a inscrição, é só seguir o passo a passo abaixo:

Primeiro passo: é muito importante lembrar que o SISU abre apenas duas vezes ao ano, por isso é preciso verificar se as inscrições estão abertas. Não deixe para se inscrever na última hora, visto que os acessos simultâneos costumam derrubar o sistema ou causar lentidão;

Segundo passo: se estiver dentro do prazo, faça o login no site do Sisu. Se o participante participou do Enem do ano anterior, está apto para concorrer. Na hora de acessar, informe o seu número de inscrição e senha do Enem no site do Sisu. Caso tenha esquecido alguma dessas informações, recupere-as na Página do Participante do Enem.

Terceiro passo: selecione, então, o menu “Minha Inscrição”. Lá, você poderá escolher até duas opções de cursos, na mesma instituição ou em universidades diferentes. Para isso, clique em “Fazer inscrição na 1ª opção”. Você poderá pesquisar vagas por nome do município, instituição ou curso. Depois de selecionar, é só clicar em “Escolher este curso”.

Quarto passo: depois disso, você precisará escolher a modalidade de concorrência.Ela pode ser ampla concorrência ou por cotas, nas diferentes políticas afirmativas.

Quinto passo: então, confirme a sua escolha. Uma nova tela abrirá com informações sobre o curso, modalidade escolhida e a documentação para a matrícula, caso o candidato seja selecionado. Se esses dados estiverem corretos, você só precisa clicar em “Confirmar minha inscrição” para finalizar a primeira escolha. Na segunda escolha, esse passo a passo deverá ser repetido. Se a universidade de escolha tiver uma nota mínima para inscrição de candidatos, o sistema poderá mostrar uma mensagem, informando a impossibilidade de disputar aquela vaga. Nesse caso, o candidato deverá escolher outra opção imediatamente;

Sexto passo: lembre-se de sempre verificar as notas de corte. O sistema as divulga diariamente durante todo o período de inscrição. Cada curso, instituição e modalidade possui a sua própria nota de corte. Assim, é possível alterar a opção de curso durante as inscrições do sistema.

Quando começa a inscrição?

A inscrição depende de cada ano. Para saber as datas, informe-se no site do MEC. É importante lembrar que o programa ocorre duas vezes por ano, normalmente no início de cada semestre. Por isso, costuma ocorrer sempre nos meses de janeiro e julho.

documentos sisu

Quais são os documentos para se inscrever?

A documentação para inscrição nas universidades não é responsabilidade do Sisu, mas sim de cada instituição. Por isso, dependendo da vaga e do local, outros documentos podem ser exigidos.

Assim que ocorrer a aprovação, o primeiro passo deve ser entrar em contato com a instituição de ensino para saber a lista completa de documentos exigidos. No caso do aluno aprovado por cotas, essa lista deve ser ainda maior, exigindo a apresentação de documentos que comprovem os pré-requisitos para obter a reserva de tal vaga.

Normalmente, alguns documentos são de praxe. Por isso, tenha em mãos na hora de fazer a matrícula:

  • RG (podendo ser substituído pela Carteira Nacional de Habilitação ou pela Carteira Profissional);
  • CPF/
  • Certificado de conclusão do ensino médio;
  • Comprovante eleitoral;
  • Comprovante de residência/
  • Certidão de casamento ou nascimento;
  • Documento que comprove estar em dia com os serviços militares (no caso de candidatos homens);
  • Uma foto 3X4.

Em caso de candidatos cotistas, com renda per capita igual ou inferior a 1,5 salário mínimo e que tenha cursado o ensino médio em escola da rede pública de ensino, devem ser apresentados:

  • Comprovante do CadÚnico;
  • Comprovante de renda (de todos os membros familiares);
  • Certificado do ensino médio em escola pública.

Antes de realizar a matrícula, se informe com a instituição de ensino para ter certeza de quais documentos levar. Isso certamente impedirá maiores incômodos, filas ou imprevistos.



Atualizo
Siga-nos

Deixe um comentário